sábado, 9 de junho de 2018

v>

Os "Implantes" - um aviso para os Terapeutas




Há uns dias chegou algo a meu conhecimento que considero muito grave e que chega mesmo a difamar bons terapeutas do mercado.


Mas antes vou explicar como percebi tamanha aldrabice:

Estava a meio de uma consulta quando me começo a sentir bloqueada e com grande dificuldade em ler as cartas, tive mesmo momentos em que não consegui perceber que cartas tinha a minha frente!


E atenção que não sou novata nestas lides e o que não me falta é experiência a ler cartas, em consultas e sobretudo a lidar com energias mais densas e sobretudo manhosas.


Dei por mim a sentir-me profundamente bloqueada e sem capacidade de usar a minha principal ferramenta. Ora bem, dada a minha experiência com energias, rapidamente percebi que estava a ser vítima de um bloqueio. Logo de seguida, pedi ajuda superior e pousei as cartas, pois estas não estavam a responder-me em condições.
Como não sou de me atrapalhar fiz a restante consulta com recurso à canalização de dimensões superiores e divinas.


No final da consulta, ainda me sentindo totalmente bloqueada fui investigar melhor. Apesar de já ter tido uma indicação, fui confirmar a informação que tinha.



As minhas suspeitas confirmaram-se:

A minha cliente trazia consigo um “implante”, colocado por outro terapeuta, com o fim de me bloquear e confundir, de forma a passar à cliente respostas incorrectas e orientações enganosas.
Ora bem, isto é muito grave!
Não é somente a falta de fairplay mas sim o uso de energias de clientes, que confiam no seu trabalho, para manipulação pura de uma terceira pessoa (neste caso eu, mas podiam ser vocês)!!


Como é normal muitas pessoas não consultam somente um terapeuta, o que é perfeitamente justo, mas como sabemos muitos não toleram isso, tentando manter o monopólio de clientes. Fazendo uso destes “implantes” de forma a prejudicar terceiros e sem o consentimento do cliente para mexer na sua energia.



Atenção que isto não pode ser usado para justificar os maus profissionais! Os que são maus, são maus, ponto!



Aqui estou a falar num ataque directo ao trabalho com o fim  de descredibilizar. Usando, inocentemente um cliente!
Cliente esse, que acaba prejudicado no processo!


Isto é uma profunda falta de carácter, respeito e uma grande maldade!


O cliente não é prejudicado directamente por estes “implantes”, sofrendo somente por tabela, digamos assim, pois arrisca-se a ter uma orientação errada prejudicando as suas escolhas, caso o terapeuta não esteja atento e não seja rápido a identificar que está a ser vitima deste bloqueio.


O “implante” que o cliente traz, passa automaticamente para o terapeuta e, mantem-se nele por tempo indeterminado.

Quero deixar claro: este implante não desaparece por si só! Este tem que ser devidamente limpo.
   

Estamos aqui a falar de manipulação energética para fins baixos!


Eu soube identificar este bloqueio!
Acredito que muitos bons terapeutas não o consigam, por diversos motivos. E isto é muito grave! Muito grave mesmo!


Atenção, que todos nós, terapeutas, nos enganamos, mas isto é de outro nível, um nível muito baixo.


Para terminar deixo somente uma pergunta para reflectirem, principalmente para os terapeutas: quantas vezes fizeram uma consulta e a pessoa não se identificava?


E, para vocês clientes: quantas vezes, pagaram uma consulta, e se sentiram defraudados?





Já pediu o nosso novo e-book? 
peça-o já em: imperiumplenavita@gmail.com





Imperium - Plena Vita
Joana Cristina Pinto
Sandra L. Santos


Sem comentários:

Enviar um comentário