quarta-feira, 16 de maio de 2018

v>

Semana de 15 21 | Tendências | Numerologia




Esta semana que ontem iniciou será mais de pausa que outra coisa, pois ela permite e pede acima de tudo análise e introspeção, logo se possível tire um tempo para si, propondo-se a fazer tudo isso.

Esta semana traz a energia da verdade também pelo que fale. Aquilo que para si for verdade deve ser partilhado com os demais, sem, claro, ferir, apenas mostrando que, talvez, outras coisas sejam, neste momento não só mais importantes, como mais verdadeiras. Chegou o tempo de não aguentar mais estar sob mentiras ou enganos, ou submisso a algo que verdadeiramente não lhe traz mais nada a não ser infelicidade e tristeza, pelo que seria bom falar. Sem medos.

Claro está que não temos que ferir terceiros, mas também não temos de não dizer as nossas verdades por causa disso. Os outros não devem ser magoados gratuitamente, obviamente, mas também não nos podemos magoar a nós, pelo que, meio-termo!

Por outro lado a introspeção, análise e verdade podem muito bem juntar-se, levando-o a pensar para consigo o que mais lhe faz falta de verdade agora? Levando-o a fazer talvez, uma retrospectiva de vida percebendo como chegou até aqui e se de alguma forma isso lhe traz algumas alegrias ou já nem por isso?

A verdade e a análise pretendem chegar à resposta final; Comos erá tudo daqui em diante?

Não tenha medo de abraçar novos desafios, porque se a felicidade está aí é porque é por aí o caminho, mesmo que outros digam coisas para o dissuadir. A vida é sua e acima de tudo quem tem que estar bem é você, não os outros. Se pode escutar opiniões? Sim, mas não faça disso as suas próprias decisões.

Palavras, acção e concretização, são outra das coisas que a semana pede, a par com o optimismo. Será que faz exactamente aquilo que diz, ou apenas diz que vai fazer? Tem coragem para arregaçar as mangas e fazer o que para si está certo? Se ainda não tem, tente ao máximo Tê-la, porque sem ela nada se faz. O medo vai existir sempre, mas ficar preso nele é uma opção sua.

Sim pode ficar, esta semana, preso em dramas ou simples conversas sem fim consigo mesmo sobre temas variados, mas todos eles procuram como resposta o seguinte: felicidade e verdade! Por isso o desfecho da semana, seja qual for a atitude que tomar, não será muito difícil de adivinhar, até porque sejamos sinceros. Contra factos não há argumentos e que argumentos tem vindo a procurar dentro de si para não ver os factos? Pois bem, se tem vindo a fazer isso, esta semana não tem como camuflar nada. Tudo vem ao cimo e pode não ser da maneira mais fácil, mas será, certamente da melhor maneira para si.

Esta semana traz ainda curiosidade e necessidade de aprofundar coisas, seja isso conhecimentos ou simplesmente conhecer, também outras verdades, outras realidades. No fundo isso resume-se a; procurar respostas. Pois bem, procure-as sem mais demoras e / ou desculpas. E com base nisso tome s suas decisões. Desde que não tome decisões a tapar, mais uma vez, o sol com a peneira, pois isso só lhe vai trazer um problema maior para o mês que vem.

Por outro lado, ainda, é necessário fazer, olhando a detalhes é certo, ou seja, não fazer nada de cabeça no ar, mas, fazer! Não deixe o seu futuro nas mãos de terceiros e muito menos deixe isso entregue à vida, pois o máximo que lhe pode acontecer é ter um golpe de sorte, mas, isso não é certo, portanto, faça já o que sente que deve fazer para ter mais felicidade e no fundo, também, segurança.

Segurança e estabilidade são outras palavras “mágicas” para esta semana. E sim, falo também em estabilidade e segurança emocional. Porque não? As nossas emoções comandam quase tudo, e se a semana pede introspecção e tudo mais, porque não essa análise ser feita também ao nível das emoções?
As emoções são importantes, aliás, são um excelente motivo para procurarmos respostas. Porque já não sou feliz? O que, agora, me faria feliz? O que tenho de deixar para voltar a ser feliz? Importa-me o que os outros possam dizer?

Tudo isso conta para um bolo que no final se revela enorme, e que faz toda a diferença. E fará toda a diferença no futuro.

A paciência, a teimosia e a pouca predisposição para dar o braço a torcer podem dar o ar de sua graça e vir fazer estragos, pelo que, seja persistente com o que quer, mas sem necessariamente entrar por esses caminhos, pois podem dar azo a conflitos que se se puderem evitar, melhor!

Ainda, não imponha a sua verdade como sendo única. Lute por ela, sim, se é aquilo em que acredita, mas não tem que forçosamente obrigar os outros a lutar pelo mesmo, se eles não acreditam em tal. Faça apenas a sua parte, mas não obrigue os outros a ver o seu ponto de vista. Não irá correr conforme espera.



 Sandra L. santos 

Sem comentários:

Enviar um comentário