quarta-feira, 30 de maio de 2018

v>

Energia mensal | Junho | Numerologia




Vamos às tendências para o mês que se segue: junho, e, tal como já tenho vindo a dizer, para aí desde 2016, os tempos são de mudanças, e que as anda a arrastar pode ver dias bastante complicados. Principalmente desde 2017.

Isto para dizer que, junho, a meu ver será o ponto de viragem destes dois anos, sensivelmente, o que quer dizer que: é a partir de agora que tudo se vai desenrolar, e, não será uma acção qualquer. Não. Essa acção em junho terá como base tudo o que cada um de nós tem feito até então.

A velha história. Fez o bem? Esforçou-se? Ou andou a adiar até mais não?

As cordas vão esticar todas e este junho promete, a quem ainda não mudou o que deveria ter mudado, ser do mais revolucionário que pode haver.

Numa continuação de maio, que também foi interessante no que toca a revelações e revoluções, junho vai deixar, também ele a sua marca, mas desta feita a outros níveis e campos, se bem que, acabará por tocar a todos os campos da vida.

Sexto mês do ano, logo, também ele um pouco movido a energia 6, que nos revela muitas coisas à priori. Sendo que a primeira delas é: decisões.

Que tipos de decisões serão? Pois serão todas aquelas que tenham que ver com família / amigos e / ou emoções. Haverá com certeza, na individualidade de cada um mais coisas a ser decididas, todavia, em geral, as decisões devem abraçar o campo emocional. As emoções ou a falta delas vão ser postas á prova este mês e Como o 6 pede precisamente equilíbrio nesse ponto, é isso mesmo ou por isso mesmo que teremos que todos lutar. Por equilíbrio emocional, e para isso há que tomar decisões. Fortes. Duras. E assertivas.

Há um pouco de energia de esperança este mês. Esperança de alcançar sonhos. Alguns talvez utópicos, outros perfeitamente mensuráveis, mas todos eles terão direito ao brilho nos olhos em cada um de nós. Pelo que há que tentar perceber a realidade de cada um deles. Serão eles reais? Ou Apenas mais um sonho inalcançável?

Só saberá a resposta a muitas dessas perguntas caso arrisque e se faça à estrada. No campo das emoções há sonhos que não são reais. E há outros tantos que só sabe se perguntar. Se confrontar.

Por outro lado existirá um lado que levará a arrastar tudo até á última consequência, o que de si não é agradável, pois imagine-se a uma situação em desgaste levada às últimas pode dar um resultado que não é agradável e acima de tudo leva ao desgaste de todas as partes envolvidas. Este é um mês de ser racional com as emoções, apesar de ser um mês emocional. Parece confuso no entanto é fácil de entender.

Não adie portanto nada nem se apegue a pormenores menores do passado como desculpa para ficar mais um bocadinho “ a ver se é desta que dá” porque não vai dar! É tempo de mudar. É tempo de agir. é tempo de com racionalidade perceber que o passado não vive no presente e se chegou a um limite, não avança, pelo contrário, retrocede, e que há depois de um retrocesso? Nada. Há vazio. Há dor. Coisas que este mês são para eliminar.

Nalgumas situações pode acontecer uma de duas coisas: pessoas a fazerem-se de vítimas perante si a fim de conseguirem o que querem, ou você mesmo fazer-se de vítima, tendo em conta o que passou. Acontece que cada um só é o fruto da situação que causou. Descubra nessa situação quem são os culpados antes de os apontar. Perceberá certamente que talvez, a culpa esteja justamente em si.

Pode haver algum nervosismo este mês, talvez mais uma ansiedade de ver as coisas mudar do que outra coisa. As coisas não mudam se nada fizer por isso. E de nada vale andar num stress danado. Vale sim, tentar ver o que causa esse stress e eliminá-lo. Perceber que o que causa esse stress não é benéfico e o mesmo deve ser ao máximo evitado. Mas uma vez digo: pegue nessa bola de neve chamada de stress, perceba o qual é a sua causa e, por muito que isso doa elimine isso já, da sua vida. 2018 não é ano de estagnar, sim de avanços, pelo que pelo avançar do ano, quanto mais resiste, pior é.

Outra coisa importante a reter para este mês. Apoio. Apoio será mais do que fundamental, será vital. Independentemente da sua situação, necessitará de encontrar um apoio, alguém que esteja lá para tudo. Para o bom, para o mau, para o que é preciso e para o que não é. E esse apoio tanto pode surgir em forma de um bom amigo, como numa forma de um novo amor. Uma nova família. e como mês de realizações emocionais que é, muito provavelmente muitas famílias novas se vão construir aqui.

É porém indispensável que se solte do passado para poder assumir uma nova gente. Uma nova família. não se culpe ou martirize, numa tentativa de buscar desculpas ou culpas para algo que simplesmente tinha que acabar! Nada é eterno e as mudanças fazem bem, desde que sejam para o bem supremo de todos.

Claro está que haverá quem não vá gostar de certas decisões que podem ser por si tomadas, e que mais pode fazer? Vai abdicar de ser emocionalmente estável e feliz só porque outro alguém resolveu fazer-se de vítima? Só porque outro alguém vai tentar encontrar culpas e culpados?

A probabilidade deste cenário existir este mês é algo a considerar pois é bastante elevada. Pois o desafio será também, aceitar a verdade do outro enquanto verdade válida, coisa que poderá, a quem se agarrar a tempos do passado, ser difícil de aceitar. Não tem que temer, a verdade de cada um a cada um diz respeito e ninguém, simplesmente ninguém pode ser feliz por si.

Emocionalmente já se percebeu que será um mês meio dúbio, já que dependerá em boa parte da força de vontade de cada um para fazer acontecer, pelo que use e abuse, caso ache importante, da persistência trazida pelo mês, e faça a sua vida a esse nível renascer das cinzas.

Por outro lado, os impulsos podem andar mais ativos e isso pode levar a situações extremas de discussões que diga-se, não levam a lado algum porque não é a discutir que se vai a algum lado. Sim a conversar. Mesmo que tentem discutir consigo, o conselho é para não responder a esse impulso. É preferível esperar que os ventos acalmem.

Ainda de notar que, a par com as realizações e com a estabilidade a nível emocional virão associados novos inícios com muita verdade à mistura e isso dar-lhe-á vontade, possivelmente de chegar e dizer “decidi XXX porque YYY”! óptimo, pois verdades devem ser comunicadas e não escondidas. Mas, com meio-termo. Isto é. Até que ponto a minha verdade vai magoar outra pessoa? Será importante criar mágoas neste momento? Ou será melhor deixar os ventos acalmarem?

São questões que deve fazer. É para decidir fazer algo pelo seu bem-estar e realização emocional, sim. Sem medos. Sim. Mas não é necessário magoar gratuitamente. Não é necessário ser-se impulsivo e irresponsável nas palavras ou acções.

Muitas verdades a nível emocional vão-se revelar agora, o que a muitos pode vir de surpresa e causar um grande impacto transformador nas suas vidas, a outros pode ser apenas a realização e um sonho que há muito esperavam. Este mês, também é realizador de sonhos, mas não os vai realizar sozinho. Temos todos de fazer por isso.

Mudanças, podem ocorrer, e sendo que é um mês de realizações a nível emocional, tal como já falei, as mudanças serão todas nesse campo da vida, mas, podem afectar outros campos da vida também. Quem morava só, pode vir a morar junto. Quem estava solteiro pode vir a namorar…etc

Bem como, pode haver realizações emocionais que nada passem pelas relações ou pela família. Pode ser, imagine-se um aumento de vencimento que, o vai deixar mais confortável, e consequentemente, emocionalmente mais estável, pois haverá preocupações que simplesmente deixam de existir. É tudo uma questão de enquadrar as tendências na sua vida.

As emoções mexem com tudo, e por esse motivo falei, ao início, que poderia ser um mês de mexer com tudo.



Sandra L. Santos 
e

Sem comentários:

Enviar um comentário