domingo, 8 de abril de 2018

v>

Maio | Junho | Julho e Agosto | nova fase | numerologia




Abri está em grande andamento e como mês de mudanças e de solidificações que é, está a cumprir com o prometido.

Mas, o que me traz aqui hoje é a energia desta segunda fase do ano que, está mesmo, mesmo aí á porta… Abril vai passar rápido e queremos desde já saber o que nos traz a segunda fase de 2018!!

Muito bem… segunda fase bem melhor do que a primeira. Pelo menos deixamos atrás uma fase de si mais estagnada. Mas atenção, de Janeiro a Abril os tempos, são mais parados o que não quer dizer que se tenha de hibernar, as coisas acontecem na mesma, só que, mais lentas, pelo que, caso sinta que as coisas estão todas tapadas e/ ou estagnadas à sua volta, sugiro que faça a terapia “Desbloqueia Os Teus Bloqueios”, porque lento sim, mas totalmente parado não é de todo um cenário nem viável, nem normal.

Já a segunda fase do ano vai ser rápida, como agitada bem como muito, mas muito mesmo enérgica.

Vai ser uma grande fase onde muitas mudanças, drásticas podem acontecer, se bem terão percebido, este ano tem sido um mar de descobertas que nos tem levado a mudanças sem fim, as quais nos têm colocado em patamares de evolução, não só de consciências, como outro tipo de evolução. Tem havido bastante crescimento, não só exterior, como interior no decorrer deste início de ano.

Portanto, a quem ainda não procedeu a esse tipo de mudanças, que remédio terá senão fazê-las todas, agora, nesta nova fase que de si, para quem ainda nada fez por si e para si, vai ser dura!! Dura pelo que ela mesmo traz e dura pela rapidez a que vai obrigar a fazer as coisas. Houve, durante estes 4 meses a oportunidade de fazer tudo com a calma necessária para fazer mudanças muito radicais. Agora essa oportunidade está a voar entre os dedos e o vento que aí vem vai movimentar essa areia para onde ela deve ser colocada.

Houve oportunidade para fazer as coisas ponderada e espaçadamente, tudo com tempo, até mesmo, tempo para se habituar a ideias e conceitos novos. Agora será bem mais duro.
A quem já fez este processo, claro está que pode esperar uma fase bem menos dura e mais promissora. Fase essa, que vai trazer muita felicidade, coias novas, e, acima de tudo, justiça. Se fez o trabalho, é natural e justo que seja bem recompensado pelo seu esforço. E será sem dúvida essa a recompensa. Pode, portanto, contar com coisas novas e bonitas a acontecer, no entanto, serão, de igual modo rápidos os acontecimentos, pelo que se aconselha a calma, e a que molde todo esse entusiasmo gerindo-o de forma a que consiga definir prioridades e também, de forma a conseguir descansar. É certo que depois de tudo, depois da dureza dos últimos 4 meses a tendência é para querer fazer tudo com entusiasmo tal que nem perceba que também tem de descansar. E é muito importante perceber que os momentos de pausa podem ser altamente estimulantes para, depois continuar de baterias carregadas.

Quer para quem fez o trabalho de mudanças, quer para quem não, os tempos serão de ter tantas ideias / coisas na cabeça que pouco tempo livre lhe sobre para algo mais além das ideias que vai tendo. E elas serão todas ideias válidas desde que, saiba esperar o momento certo para agir.

A ambos os grupos de pessoas sugere-se que se tomem decisões, esta energia incide mais sobre o grupo de pessoas que ainda não fez mudança alguma, pelo que decidam em conformidade com aquilo que querem. Como se pode desejar algo de novo se se continuam a fazer as mesmas coisas à moda antiga? Não dá. É mesmo para mudar hábitos. Se deseja ser feliz terá mesmo que arriscar. É preciso ter coragem e ser-se um pouco egoísta. Caramba, manter-se onde não quer estar, onde não é feliz, onde nada avança, onde tudo permanece igual, onde…  onde… é por pura inércia e por puro conforto.

Mudanças e reviravoltas são necessárias. Aliás, esta fase do ano, em Maio mais em concreto, tem uma energia kármica algo densa. E diria que de todos os meses do ano é este o pior a atravessar, mesmo para quem já fez o que era pedido!! Porque mesmo a quem fez o trabalho, também pode atravessar situações densas, ainda que possam ser mais leves.

Lamentavelmente ninguém escapa àquilo pela qual tem de atravessar. Pode adiar, e pode demorar a vir, no entanto, mais dia, menos dia, os dias de fechar os olhos acabam e a energia atua de uma forma tal que até o vai fazer ficar “mal-disposto”… é uma fase mais densa no que toca ao karma, e às leis da vida. porque o que é para ser tem mais força do que a nossa própria força de vontade.
É, portanto, uma fase para avaliar, para tomar decisões, para se deixar de ilusões e de falsas esperanças e arregaçar as mangas e fazer aquilo que deve ser feito. É para olhar um pouco mais para dentro sendo-se um pouco egoísta, sem exageros. É para deixar de acreditar que, “agora realmente está assim, mas acredito que possa mudar” se não mudou em meses, não é agora que vai mudar. Agora pode mudar sim, até porque o tempo a isso obriga, mas, pode ser uma mudança bruta. Drástica. Uma mudança menos feliz que o faça abrir os olhos e perceber o quão enganado andou. E, provavelmente será essa dor uma grande facilitadora de mudanças. Será o mote, para arriscar de vez, ser feliz e acima de tudo será a dor que vai auxiliar decisões.

Infelizmente, para muitos a ferida vai ter que abrir para que a mudança, forçada, aconteça. E esta virá sim com novos inícios. Com coisas boas. É como se… “ok, tive que decidir á força, mas realmente foi o melhor que me podia ter acontecido”!

Haverá, certamente dores mais difíceis de suportar e outras menos. Tudo dependerá da vida que cada um levar! Importante a reter é que, em muitos casos a dor pode ser o mote que os levará ao egoísmo. Já, por outro lado, a dr poderá ser também, prejudicial, uma vez que poderá levá-lo, posteriormente a desconfiar de tudo e de todos, mesmo que essa situação seja vantajosa, pelo que se sugere um trabalho de análise antes mesmo de partir para desconfianças que poderão não ser tão úteis assim. É certo que “gato escaldado de água fria tem medo”, mas se tudo for feito com o mínimo de análise, evitam-se problemas e não se estragam possíveis oportunidades proveitosas.

Ainda sobre esta nova fase do ano. Existem dois, ou mais grupos de pessoas (mas vou falar de dois principais). Os que estavam minimamente bem e os que estavam mal. Também essas situações irão não só inverter como vão sofrer grandes alterações. E qualquer que seja o seu caso, isso não o vai impedir de agir, pelo contrário, é para manter o seu foco na sua realização pessoal. Atenção que é um ano para evoluir, logo, é para fazer esse trabalho, mesmo que os tempos pareçam conspirar contra si!  é para crescer nem que seja à força.

As oportunidades podem ser muitas pelo que se aconselha a uma análise detalhada sobre tudo, ao pormenor, exija saber detalhes se necessário for, e caso essas propostas /ofertas não o satisfaçam faça o favor de saber dizer não! Sim, o saber dizer que não vai ser bastante testado em muitos casos, vai ser o teste principal, até porque, o problema de muitos é precisamente o não saber colocar um BASTA onde ele tem que ser colocado, adiando e deixando com isso arrastar situações que em nada o beneficiam. É para se ser um pouco egoísta, mas não ganancioso, nem autoritário.

Pede-se, também, que não seja nem teimoso, nem impaciente, e, muito menos intransigente. Não se ache o maior só porque sofreu e passou por muito, não ache que sabe tudo, quando pode até nem saber tanto assim. O conhecimento que adquiriu vindo da sua dor, pode e deve ser partilhado, mas não de forma a dizer “eu sou o maior” … mas também não se deixe servir de tapete a ninguém! Estas linhas são ténues e por vezes confusas, e há que saber caminhar entre elas!

É necessário, no entanto, ter especial atenção a uniões, sejam elas em que áreas da vida forem. Estas podem não ser vantajosas, e podem ser-lhe propostas uniões com o único propósito de o arruinar. Tenha portanto atenção e, tal como disse acima, faça as perguntas que entender e se preciso for, diga não. Na dúvida faça sempre o que entender que deve, sem nunca se deixar prejudicar.

As energias serão bem rápidas e em muitos casos poderá verificar-se uma avalanche de acontecimentos, e, as tentativas de engano serão algumas, pelo que se aconselha a que não mergulhe, logo, logo de cabeça numa aventura em que o caminho não lhe é devidamente mostrado.

Semeie tudo aquilo que achar por bem semear na terra de forma a que todas essas sementes comecem, a partir de então a dar os seus frutos. Não significa que vão logo dar frutos após semear. Significa que vai semear para colher quando for altura disso. No entanto, sendo que temos energias bem rápidas e um ano de crescimento e de realizações, os resultados podem ser mais rápidos que o costume, ainda assim, aconselha-se calma e paciência. Ouse sim. Arrisque, claro que sim, mas dê tempo ao tempo e não espere colher logo um dia após plantar. Alguns frutos poderão vir ainda este ano, outros só para o ano que vem… o momento certo pode não ser já.

Diria que a maioria dos frutos serão para colher ainda este ano, no entanto haverá coisas que não vão se colhidas já!

Para esta fase do ano necessita-se, também, foco, muito foco, atenção porque haverá mesmo muitas coisas à volta que poderá levar a distrair-se, não só do seu foco principal, como o pode mesmo levar por outro caminho que não é o seu apenas por distração. Não se deixe levar por essa energia, pois a mesma só o vai levar a perder tempo, e tempo é coisa que nesta fase do ano vai passar a voar, pelo que não se distraia, caso contrário vai passar esta fase de 4 meses e vai dar por si a dizer que “tanto tempo e não fez nada!!” E, este perder tempo pode mesmo vir do exterior, aliás, a maioria das coisas que o podem levar à distracção virão do exterior, depois, no seu interior é conveniente perceber se, deve avaliar essas opções ou se deve dizer NÃO!

Assim será a energia principal desta nova fase do ano até Agosto.


Sandra L. Santos 

Sem comentários:

Enviar um comentário