quarta-feira, 11 de abril de 2018

v>

Cargas - O que são? Como se comportam? Quais os sintomas? E como me proteger?


O que é uma carga
Defino por carga todo e qualquer tipo de envio ou absorção de energia negativa. Sendo o envio de uma pessoa para outra ou de uma pessoa para um espaço, podendo este envio ser consciente e declaradamente um ataque (carga directa) ou de forma indirecta (absorção, pensamento obsessivo).


Tipos de carga
  • Directa – ataque directo e declarado de forma a deixar a outra pessoa mal, podendo ser envio de carga negativa para um espaço / ambiente (privado ou comercial);
  • Indirecta – absorção energética de uma pessoa e/ou ambiente, onde se encontra, ou através do pensamento obsessivo de outra pessoa. Aqui não existe ataque directo mas envio de negatividade pelo constante pensamento de vitima, raiva, tristeza, orgulho,… este envio é feito pela existência e manutenção das cordas energéticas;
  • Dissimulada – cargas que estão presentes e são absorvidas, mas que pela sua característica energética não são sentidas na altura, impedindo uma protecção rápida e efectiva, indo se infiltrando de forma gradual na energia pessoal. Devido as suas características pode provocar distracção ou nevoeiro mental de forma a não se aperceber que ela está lá, atrasando a sua limpeza.

Quando maior for a infiltração energética mais difícil e demorada é a sua limpeza.



Sintomas físicos de uma carga
  • Enjoos;
  • Tonturas;
  • Dores de cabeça;
  • Fraqueza;
  • Cansaço constante;
  • Dores no corpo – nomeadamente pontadas;
  • Peso na cabeça e costas;
  • Barriga inchada;
  • Tremores;
  • Dificuldade em respirar;
  • Desmaios;


Sintomas energéticos de uma carga
  • Desregulação de todos os chakras;
  • Desarmonização de chakras específicos de acordo com o intuito do ataque, por norma os 3 inferiores, de forma a provocar medo e instabilidade;
  • Formação de cordas energéticas grossas e poderosas;
  • Presença e/ou envio de obsessores;
  • Noite mal dormidas com pesadelos ou sonhos “esquisitos”;
  • Ataques em sonhos;
  • O diminuir a energia da vital de forma a que de noite “viaje” para dimensões inferiores, que vão provocar ainda mais cansaço;


Duração
  • Desde 30 segundo a dias, meses e mesmo anos, conforme a ligação entre as pessoas, existência de cordas, de votos, de trabalhos e mesmo do teor da relação actual;


Forma de actuação da carga
  • De uma vez – a carga é sentida toda de uma vez, por norma refere-se a cargas indirectas;
  • Em vagas consecutivas – estas cargas caracterizam-se por pesar uns minutos e depois alivar, voltando passado um bocado, isto é indicação de uma carga directa e deliberada de alguém; As cargas podem ser espaçadas por minutos, horas ou dias;
  • Constante – o envio de energia é constante não havendo alívio, podendo diminuir em algumas alturas, mas está sempre presente. Isto é indicação de carga directa, dissimulada, podendo mesmo haver trabalho feito;


Diferentes formas de identificar uma carga presente numa pessoa ou espaço
  • Quando está a espera de uma pessoa, mas já sente a sua energia negativa ao ela se aproximar;
  • Quando uma pessoa pensa ou fala de si (de forma negativa), sente um desconforto ou tem uma lembrança desagradável dessa pessoa;
  • Quando entra num espaço e sente automaticamente um desconforto ou peso em cima de si;
  • Quando entra num espaço ou alguém se aproxima de si sente como que um embate energético, como se levasse uma pancada no peito ou cabeça;

Como pode identificar que está a receber / absorver uma carga
  • Quando lhe começa a doer a cabeça do nada, geralmente uma pontada;
  • Quando sente um peso inexplicável na cabeça;
  • Quando fica ansioso do nada;
  • Quando a sua respiração fica pensada e superficial;
  • Quando sente uma pontada nalgum local do seu corpo, geralmente cabeça, costas, coração, fígado, pâncreas, joelhos,..;
  • Quando do nada começa a tremer ou ficar com fraqueza nas pernas;
  • Quando fica com tonturas;
  • Quando sente ondas de energia a passar por si;
  • Quando fica enjoado sem razão aparente;
  • Quando sente um cheiro desagradável (fezes, esgoto,…);
  • Quando fica com nevoeiro mental, dificuldade em pensar e tomar decisões específicas para se defender;
  • Quando sente um desconforto em qualquer um dos chakras;
  • Quando a sua barriga incha bastante e dói, quando não tem qualquer questão médica associada;
  • Quando se sente fraco e desvitalizado;
  • Quando começa a ouvir ou a ter pensamentos negativos;
  • Quando tem comportamento ou diz algo que não é característico seu, nomeadamente algo negativo;
  • Quando é avisado pelos seus Mestres e Guias para se proteger;


Como se proteger de uma carga
  • Pedir ajuda e protecção aos seus Mestres, Guias, Anjos da Guarda, Animais de Poder, Santinho,… enfim, o pedir ajuda é fundamental. Sem pedir não vai ser ajudado;
  • Respirar fundo e de forma controlada de forma a diminuir e controlar o medo e ansiedade;
  • Enraizar de forma a escoar para a Terra alguma da carga e para centrar e equilibrar a sua energia;
  • Caso não coma a algum tempo, deve-o fazer, assim como beber muita água;
  • Usar técnicas de protecção energética – criação de bolhas e casulos de Luz, defumação….;
  • Fazer uma boa Limpeza Energética de forma regular – diária;
  • Fazer uma Limpeza Espiritual regularmente;
  • Cortar todas as cordas que tenha de forma diária;
  • Conhecer a sua energia;
  • Ter sempre a sua energia vital alta;
  • Ter sempre a sua protecção energética e espiritual alta;
  • Ter sempre os seus chakras equilibrados, harmonizados e a trabalhar de forma intensa;
  • Perdoar e tentar resolver questões karmicas, pessoas e emocionais, não alimente nem deixe que outros alimentem problemas. Faça a sua parte, limpe a sua parte.


Estes sintomas podem ser sentidos de forma individual ou ter vários ou mesmo todos ao mesmo tempo.


Estes sintomas são válidos quando não existem situações médicas por detrás. Em caso de persistência é importante ir ao médico.



NÃO AUTORIZO CÓPIA OU USO DESTE TEXTO OU PARTES DELE SEM REFERÊNCIA AUTORAL!

PODEM PARTILHAR MAS SEMPRE COM A DEVIDA INDICAÇÃO DO SEU AUTOR!
Vamos ser éticos sim?!

Qualquer dúvida ou questão já sabem que podem entrar em contacto comigo!


Com Claridade e Persistência,
Joana Cristina Pinto

Copyright© 2018 - Joana Cristina Pinto - Todos os direitos reservados

Sem comentários:

Enviar um comentário