quinta-feira, 1 de março de 2018

v>

Semana de 1 a 7 | tendências | Numerologia





A primeira semana deste mês traz consigo a energia da mudança, e parece que, desta feita, as mesmas, as que vierem são mesmo para ficar. Na maioria dos anos pessoais verifica-se uma acentuada dose de fechos de ciclos por acontecer este mês, e dada a energia desta semana mais em concreto, vai começar já hoje a mudar muitas coisas!

Possivelmente, de acordo com o seu ano pessoal as mudanças podem ser mais ou menos acentuadas, nalguns casos serão efetivamente radicais e irreversíveis o que significa que haverá claramente não só expansão como uma abertura maior para outros patamares de vida. assim como haverá uma maior clareza e consciência de que as coisas tal como estão, não podem continuar!

Tem que haver de certa forma uma atitude de corte, após uma avaliação inicial e cuidada à situação, claro está que não lhe é pedido para fazer algo mergulhando de cabeça num terreno onde o fundo é desconhecido. Organize-se primeiro, não só à sua vida como à sua mente e a partir daí faça o que é para ser feito. Mude o que tem que mudar. Não tema a mudança. Nem fique a pensar em coisas que provavelmente atualmente já não fazem tanto sentido assim. Aja com coragem pensando que hoje em dia há coisas que simplesmente já não fazem sentido absolutamente nenhum manter. Porquê? Porque a aceitação é diferente, aliás, esta semana fala-nos também disso. De aceitação. Pelo que tenha a certeza que seja lá que ciclo tenha em mãos para fechar saiba que a aceitação tende a ser maior esta semana.

Existe uma predisposição maior para aceitar algo que há uns tempos (anos talvez) poderia ser menos bem aceite ou sequer tolerável. Os tempos mudam e desde há uns anos para cá temos vindo a despertar consciências relativamente a certos temas, pelo que nada tema. Não se sinta prisioneiro de algo que possivelmente só existe na sua cabeça, aliás, muitas das limitações que de momento existem em cima de muitas mesas, existem apenas na realidade da mente dos seus portadores… e nada é pior em fase de mudanças do que estar refém dos seus próprios pensamentos, pelo que, como fase de liberdade que é, liberte-se desse padrão de pensamentos que acolhe em si a limitação que na verdade não corresponde à realidade da vida.

Em muitos anos é pedido que mude, que feche ciclos que tome decisões, pois bem, para isso, em muitas situações é necessária força, resistência e um pouco de ousadia. Existem mudanças que constituem verdadeiros desafios, e que nada mais são do que um teste à coragem de cada um em arriscar. Se não fizer mais por si, quem fará? A força que necessita está toda dentro de si e acredite que ela despertará, possivelmente numa situação em que o limite, o desgaste e a frustração se juntam para o brindar fazendo-o decidir entre desistir e ficar tal como está, ou ser leal e persistente em seguir o caminho diferente que tanto almeja!

A decisão é final, claro está, é sempre sua. Se bem que esta semana (nalguns casos durante o mês também) as conclusões de ciclos vão acontecer quer queira, quer não!! Quer desista, quer resista, quer adie, quer, não queira ver… faça o que fizer. De pouco vale esconder a cabeça na areia quando o vento sopra forte. O ano pede evolução, convém ter isso em mente.

Evite, no entanto, ser impulsivo, a semana ter muita energia e vem minada de impaciência o que pode resultar num aparato desastroso, levando a que faça tudo ao contrário do que deve fazer e depois tem que começar, outra vez, do zero. Pelo que seja cauteloso, e metódico. Faça sim, mas com calma. é preciso mudar para algo que lhe traga estabilidade. É necessária estabilidade. Mas isso não se alcança a tomar decisões quando se está impaciente ou irritado.

Esta semana serve igualmente para perceber até onde é que está disposto a sacrificar-se, sim, sacrifício, em prol daquilo que quer. Se sai e vai à luta procurando implementar a mudança, ou se desiste a meio do caminho porque uma desculpa vale mais que mil trabalhos. Mudar dá trabalho, acontece que a estabilidade e o equilíbrio não vêm embrulhados em formato de presente. Temos que ser nós a ir buscá-los e a oferecê-los a nós mesmos como um presente de nós para nós!! Não há outra solução. Se é preciso serenar em algum aspeto da vida, não tem como esperar sentado. Tem que fazer algo por isso. Porque a única coisa que muda sem que façamos nada por isso, é o tempo.


A semana pessoal é, esta semana, igual à energia do mês pessoal, pelo que pode consultar A energia para a sua semana em particular

Sandra L. santos 

Sem comentários:

Enviar um comentário