sábado, 31 de março de 2018

v>

Energia semanal de 1 a 7 de Abril | Tarot


Energia principal da semana: O Carro
Energia secundária da semana: O Papa

Entramos agora na primeira semana de Abril e recomendo a quem não leu as minhas Previsões para o mês de Abril que o faça pois vamos ter um mês extraordinário. Podem consultas as minhas Previsões para Abril AQUI.

Esta será uma semana de crescimento e de avanços mas tudo deve ser feito de uma forma muito bem pensada e disciplinada, isto é, avance sim mas com juízo. Não deve fazer as coisas com o simples intuito de querer avançar sem pensar nas consequências que pode vir a ter.

Tudo o que fazemos, toda a acção, traz uma reacção, pelo que deve estar muito bem consciente de tudo de forma a evitar que a vida lhe “reaja” de forma menos positiva.

Tem que ter noção que terá que lidar com a consequências e ser responsável, energética e espiritualmente, para identificar, interiorizar, aprender e dissolver essas energias.

Toda a acção tem uma reacção, pelo que esta semana todas as suas acções devem ser muito bem pensadas e medidas.

Mas não deixe de agir por medo de algo! Não! É para fazer e para avançar mas faça-o de uma forma pensada e coerente! Nada deve ser feito de forma inovativa ou “fora da caixa”. Pois formulas não testadas e as quais não conhece o resultados podem trazer problemas mais tarde! Todos os seus passos devem ser estudados, mas não se perca em estudos minuciosos, isso já deveria estar feito.
Cuidado com acções que possam levar a escolhas mal feitas.

Faça tudo dentro da “legalidade” senão arrisca-se a ser repreendido pelas autoridades máximas da vida – O Karma e a Lei do Retorno!

Esta semana harmonize tudo a sua volta – seja trabalho, finanças, projectos, saúde,… - procurando um equilíbrio interior que depois se venha a reflectir no exterior. Não é altura de agitar as águas provocando mudanças ou cortes abruptos, é para avançar tendo sempre como objectivo principal a harmonização.

Procure a sua motivação e trabalhe a sua força de vontade, o caminho é duro e pede resistência e persistência! Procure descansar e recuperar forças sempre que necessário, não se perdendo em lutas infrutíferas.

Avance e tome decisões que visem o equilíbrio e o sem bem-estar. Decisões leves.

Evite fazer grandes cortes e mudanças drásticas. Tudo deve ser feito de forma calma e tranquila, as mudanças drásticas ficam para mais tarde. Trabalhe com aquilo que tem, tome decisões que sejam firmes mas que evitem revirar tudo de perna para o ar, pois agora é para avançar e não revirar a casa.
Tudo na vida tem o seu tempo. Aprenda a ler os tempos da vida.

Mantenha a calma e ponderação e saiba esperar por tempos melhores para revolucionar tudo. Mude, mas dando um passo estruturado de cada vez, sem pressas que possam levar a asneiradas.

Tudo está a melhorar, mas calma. Tudo tem o seu tempo.

Neste momento foque-se naquilo que é realmente importante e que pode mudar de uma forma tranquila e serena. Concentre-se e não disperse, lembro que este serão tempos de grandes movimentações energéticas pelo que deve ter atenção para não perder o pé.

Caso não saiba quais os próximos passos a dar, fale comigo!
Forneço vários serviços que o podem ajudar e orientar.

Concentração. Concentração. Concentração. 


Com Claridade e Persistência, 
Joana Cristina Pinto

Copyright© 2018 - Joana Cristina Pinto - Todos os direitos reservados
v>

Conselho Kármico - Grande Fraternidade Branca


A Grande Fraternidade Branca (GFB) é o conjunto de seres de Luz Elevados e  Ascensionados que se uniram para a iluminação e a liberdade de toda a humanidade, o seu grande objectivo é o bem superior de todo nós, a elevação espiritual e consequentemente a ascensão de todos os seres. 
A GFB é composta por Elohim, Arcanjos, Anjos, Santos, Elementais da Natureza e os Grandes Mestres Ascensos.

Alguns Mestres Ascensos que compões a GFB: 
1º Raio - Chama Azul - Mestre El Morya;
2º Raio - Chama Dourada - Mestre Kutumi/Mestre Lanto; 
3º Raio - Chama Rosa - Mestre Paulo/Mestra Rowena;
4º Raio - Chama Branca - Serapis Bey;
5º Raio - Chama Verde - Mestre Hilarion;
6º Raio - Chama Rubi - Mestre Jesus/Mestra Nada;
7º Raio - Chama Violeta - Saint Germain.

Arcanjos e Elohim pertencentes a GFB: 
1º Raio: Arcanjos Miguel e Fé, Elohins Hércules e Amazonas; 
2º Raio: Arcanjos Jofiel e Constância, Elohins Cassiopéia e Minerva; 
3º Raio: Arcanjos Samuel e Caridade, Elohins Órion e Angélica; 
4º Raio: Arcanjos Gabriel e Esperança, Elohins Claire e Astréia; 
5º Raio: Arcanjos Rafael e Mãe Maria, Elohins Vista e Cristal; 
6º Raio: Arcanjos Uriel e Graça, Elohins Tranquilitas e Pacifica; 
7º Raio: Arcanjos Ezequiel e Ametista, Elohins Arcturos e Diana.

CONSELHO KÁRMICO
O Conselho kármico é composto pelos Mestres Ascensos e outros seres de Luz da Grande Fraternidade Branca que se reúnem a cada 3 meses de forma a rever os pedidos da humanidade em relação ao perdão e libertação kármicos. Nesta reunião também são avaliados limites e bloqueios na manifestação do seu bem-estar, prosperidade saúde e outros.
Nestas datas pode apresentar uma carta fazendo o seu pedido de bloqueio ou dissolução de karma.

RITUAL DO CONSELHO KÁRMICO – 31 de Março, 30 de Junho, 30 de Setembro e 31 de Dezembro

Como fazer?
  • Numa folha de papel branco, ou papel de seda, escrava a lápis como se fosse uma carta normal, a começar pelo cabeçalho local e data.
  • Enderece a carta ao Conselho Karmico, podendo mesmo especificar “ao cuidado de”, colocando um nome de uma dos Mestres Ascensos.
  • Por baixo coloque o seu nome completo e data de nascimento.
  • Logo de seguida escreva todos os seus pedidos, se quiser pode explicar o porque desses pedidos.

Exemplo de carta:
“ Local onde está, Data, Mês e Ano.
Nome Completo
Data de Nascimento
Pela Paz e Cura Universal
Ao Conselho Karmico: (aqui pode endereçar a um Mestre Ascenso que queira)
Os seu pedidos e argumentação que os suportem.(pode fazer pedidos ao nível dos compromissos, protecção, relacionamentos pessoais e familiares, projectos, abundância financeira, libertação de bloqueios e ascensão.)
Agradecimentos (ex. Agradeço e aceito que isso seja manifestado agora, de acordo com a Vontade de Deus. Assim é.)
Assinatura”

Ritual:
  • Antes da meia noite do dia do conselho, leia o papel e medite sobre os pedidos;
  • Faça a invocação ao Arcanjo Miguel: “Em nome do Pai, do Filho, do espírito Santo e da Mãe Divina, Eu (diga seu nome completo e em voz alta) invoco o Amado Arcanjo Miguel para que entregue o meu manuscrito para a Amada Deusa da Liberdade, no Conselho Karmico de Deus”
  • Dobre o papel em quatro e faça uma oração ( A grande invocação);
  • Numa tigela de barro ou cerâmica (num local seguro e com acesso fácil a agua) queime um papel um branco;
  • Seguidamente queime a sua carta (caso faça com mais pessoas todas as cartas são queimadas seguidas);
  • No final queime mais um papel em branco;
  • Agradeça e faça novamente uma oração (ou as orações que sinta que deve fazer);
  • Após as orações invocamos a Chama Violeta queimando e transmutando toda a negatividade. Em seguida, mentalizamos a Chama Dourada (Energia de Cristo) nos envolvendo e por último faça a prece de agradecimento selando a nossa nova caminhada na sabedoria, humildade, alegria e amor incondicional como seres de luz, nos sintonizando cada vez mais com a divindade já manifestada em nós, pois nós somos, somos um só.

Orações:
A GRANDE INVOCAÇÃO
Do ponto de Luz na mente de Deus, que flua Luz às mentes dos homens, e que a Luz desça a Terra.
Do ponto de Amor no coração de Deus, que flua amor ao coração dos homens, que Cristo retorne a Terra.
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida, que o propósito guie as pequenas vontades dos homens, propósito que os Mestres conhecem e servem.
Do centro a que chamamos a raça dos homens, que se realize o plano de Amor e de Luz e feche a porta onde se encontra o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra hoje e por toda a eternidade. Amém.

MANTRA DA ALMA E MÔNADA
Eu sou a Alma,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou o Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou o Desígnio Imutável. (3x a frase toda)
Eu sou a Mônoda,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou Designo Imutável. (3x a frase toda)

PAI NOSSO
Pai Nosso, que estais nos céus,
Santificado seja o vosso nome.
Venha a nós ao vosso reino.
Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia, nos daí hoje.
Perdoai as nossas dividas assim como nós perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal,
[Pois vosso é o reino e o poder e a glória para todo o sempre].


Com Claridade e Persistência, 
Joana Cristina Pinto

Copyright© 2018 - Joana Cristina Pinto - Todos os direitos reservados

sexta-feira, 30 de março de 2018

v>

Energia Abril | Tarot


Energia principal do mês: O Mundo
Energia secundária do mês: Os Enamorados

Entramos agora em Abril, um mês que se apresenta cheio de energia e de boas novas. Esperemos que a primavera entre na mesma onda e se decida a aparecer!

Este será claramente um mês de fins de ciclos, onde poderá agora fechar e encerrar, finalmente, capítulos da sua vida que tem vindo a arrastar por diversas razões, porém, e com já sabe as coisas não caem dos céus aos trambolhões, pelo que estes fins de ciclos devem ser sempre consequências de escolhas que vai ter que fazer. 
Sim terá que fazer escolhas de novo. 
Mas como quer definir um caminho sem escolhas e/ou decisões?

Abril traz-lhe fins de ciclos, mas não sem antes você tomar as decisões que são necessárias para fazer esses mesmos fins de ciclos.

A vida permite-lhe agora mudar, mas pede-lhe igualmente que essa mudança parta de si, isto é, a vida coloca-lhe a energia a disposição e tem que ser você a identificá-la e a colocar tudo em movimento. 
Repito: não fique a espera que vida lhe traga o que quer ou que resolva os problemas por si. Isso não vai acontecer.

A mudança pode ocorrer mas terá que partir sempre de uma escolha sua e de movimentações suas nesse mesmo sentido.
Estas escolhas e decisões podem doer ou trazer desconforto, isso é certo. Mas são fundamentais se quer mesmo mudar e ter uma vida melhor e mais próspera.

Lembre-se: não se pode curar no mesmo local onde ficou doente – torne esta frase no lema para este mês.

Será igualmente um mês cheios de energias e de movimentações, pelo que deve usufruir disso mesmo para revolucionar tudo que se encontra estagnado e a apodrecer – águas paradas não suportam vida.

As palavras-chave deste mês serão sem dúvidas o “fazer, acontecer, ir” pois tem luz verde para fazer e empreender tudo, sobretudo questões que visem o fechar de ciclos. Acabou o tempo de ficar quietinho a limpar ou mesmo a espera de tempos mais prósperos. O tempo é agora, pelo que deve tomar as decisões que tem que tomar para direccionar a sua vida para o destino que escolheu.

Abril será muito bom mas cabe a si torná-lo extraordinário!

O tempo de análises e pesquisas terminou, saia desse inércia e do estado de vítima sofredora! Agora é tempo de agir pois já teve mais que tempo para perceber a sua vida e qual o rumo que esta deve tomar agora. 
Se não o fez, peça ajuda, pois arrisca-se a perder uma oportunidade extraordinária de mudar tudo a sua volta.

Não se lamente, nem lamurie mais. Faça! Tudo na sua vida depende somente de si, das suas acções, pensamentos, escolhas e forma de estar nela!

Como seria de esperar, e sendo um mês de grandes movimentações e energéticas, Abril pode trazer consigo um excesso de energia que deve ser controlada e sobretudo equilibrada para evitar que ande a fazer picos de energia, altos e baixos, e sobretudo para evitar estados de ansiedade e stress.

Saiba controlar bem os tempos de acção com os tempos de descanso. Não negligencie nenhum deles.

Apesar de toda a acção e escolhas necessárias é fundamental que não tome nenhuma decisão de cabeça quente ou mesmo irreflectida pois terá tendência a a fazer más escolhas, das quais se pode vir a arrepender amargamente.
Faça e escolha, mas sempre baseado no plano que tem traçado para si, conforme os desejos que tem para a sua vida!

Pode agora ser confrontado com erros do passado, mas não se culpe ou martirize, encare como uma aprendizagem e guarde essa informação de forma a no futuro possa fazer escolhas melhores.

Cuidado com as máscaras e sobretudo cuidado com as pessoas que a sua volta têm segundas intenções – analise as pessoas por aquilo que elas emitem – a sua energia.


Com Claridade e Persistência, 
Joana Cristina Pinto

Copyright© 2018 - Joana Cristina Pinto - Todos os direitos reservados

quinta-feira, 29 de março de 2018

v>

"Que bloqueio tenho neste momento com origem em Vidas Passadas?" | Tarot


Hoje vamos perceber qual o bloqueio que tem neste momento na sua vida e que se tenha originado em vidas passadas


Respire fundo e elimine da sua mente qualquer pensamento que possa interferir com a sua escolha.
Depois pergunte interiormente qual a mensagem de vidas passadas que representa melhor o bloqueio pelo qual está a passar neste momento, depois peça que lhe indiquem um número de 1 a 5 (1,2,3,4,5).

Como alternativa pode olhar para a foto e a carta que mais lhe chamar a atenção é a mensagem que é importante para si!



Comente neste post e amanhã colocarei o significado dos bloqueios!

Aqui tem o resultado dos seus bloqueios!





Com Claridade e Persistência, 
Joana Cristina Pinto

quarta-feira, 28 de março de 2018

v>

Abril 2018 | As tendências | Numerologia





Eis que o tão aguardado Abril está aí à potra e com ele novas energias que nos trazem algum conforto.

O mês de Abril poderá passar muito rápido, já que é muito agitado e obriga a mudanças. Sim, mais uma vez mudanças. Aliás este panorama só tende a melhorar por volta de Setembro, até porque estamos num ano que pede evolução, e, esta nem sempre se consegue quando nos mentemos exactamente onde estamos. Tem que haver uma mudança para evoluir.

O mês de Abril oferece-nos a oportunidade para mudar, para escolher mudar de livre vontade. Ele pode transportar-nos para uma nova realidade nas nossas vidas, as quais, serão mais efectivas quando decidirmos por optar uma nova escolha, um novo caminho. Mas, pede-nos coragem e determinação em prosseguir esse mesmo aminho escolhido, sem oferecer resistência ou mesmo sem nos limitarmos achando que o novo nos vai trazer desconforto ou mesmo desgraças.

Ter medo do novo é perfeitamente natural, afinal de contas um dos grandes motivos pela qual a hesitação se manifesta é precisamente pelos “se’s” que colocamos em cada frase, a toda a hora. “Eu vou, mas e se…”. “Isso era o ideal, mas se…”

São esses mesmos “mas” e “se’s” que estragam tudo na hora de afirmar decisões. Parece que a coragem desaparece como que por magia e que as certezas já não passam de meras especulações sobre possibilidades de um futuro que agora parece cada vez mais distante e incerto.

As mudanças precisam de coragem. De certezas. De força e determinação para arregaçar as mangas e fazer. Precisa também de equilíbrio, não só mental como emocional. Muitas vezes a razão precisa de uma coisa e o coração, com medo, foge disso a 7 pés, por entender que aquilo, precisamente aquilo vai trazer instabilidade. E claro está que continuar no conforto daquilo que já se conhece é mil vezes melhor! Pelo contrário, às vezes é o coração que sente muita falta de estar onde não está e a razão, por algum motivo vai arranjar razões para nos levar a desistir.

Esta simbiose pode levar-nos ao fracasso e não só. Pode levar-nos a um estado de limitação tal que acabamos por não fazer nada. Entregando-nos ao modelo “circulo-vicioso em modelo robot” que é a nossa vida, pois é assim que a conhecemos e assim pelo menos existe um certo conforto, mesmo que por vezes bem desconfortável.

Existe de facto um desconfortável abismo entre o querer e o fazer, o qual pode realmente ser prejudicial, pois quando não fazemos algo ficamos agitados, entregues a uma energia de “sim e não” embrulhada em conjunto que pode levar ainda a mais dúvidas. A muito mais dúvidas do que aquelas que haviam anteriormente! E isso ajuda em quê??

Este mês é precisamente isso que deve evitar. Entrar em verdadeiras batalhas de dúvidas que em nada ajudam, pelo contrário, só complicam processos e atrasam tudo. Não vale de nada entrar em negação e rejeitar as mudanças só por teimosa ou por simples medo do desconhecido. E convenhamos, agir por vontade própria é bem melhor do que ser obrigado a agir. acontece é que parece que só agimos quando empurrados pela força do destino.

O mês pede acima de tudo estabilidade. E isso é tudo uma questão de organizar detalhadamente tudo aquilo que quer construir. É como traçar um plano de acção e pô-lo em marcha. Sem medos e sem “se’s”. Sem hesitações. É um mês para criar à sua volta estruturas que lhe tragam de certa forma equilíbrio e segurança. É um mês para avançar em coisas novas, mas isso implica tomar decisões que o obriguem e enveredar por esses novos caminhos. Obriga a ser corajoso e persistente. Obriga a pensar fora da caixa para que consiga de certa forma a sua satisfação pessoal.

Seja em que área da vida for, o mês pede acção!!

Pode acontecer que se sinta demasiado apegado ao passado, coisa que em nada o vai ajudar. Pelo contrário, pode entrar no papel de vítima e começar a desenhar uma história onde é o mundo que está contra si, quando isso não é de todo verdade. Aprenda a soltar-se do passado. Invista em coisas novas que lhe tragam felicidade e alegria, mas, acima de tudo estabilidade e segurança.

Muitas dessas coisas novas. Muitas das mudanças passam por fazer uma escolha que tenha que ver com o lado emocional da vida. Seja isso em termos de romance ou pura e simplesmente de amizades. Existe, muitas vezes a necessidade de se soltar de um passado tóxico, no que toca ao campo emocional, para depois se começar a vislumbrar um caminho novo e mais promissor. Mas, claro está, que para isso acontecer há que fazer escolhas, que podem ser duras e daí poder resistir, mas tem que ser! Por vezes afastar algo tóxico é precisamente o que vai proporcionar estabilidade.

Por outro lado, o mês pode trazer muitas ofertas, muitas coisas que fazer, as quais caso não esteja atento lhe podem tirar o foco. Ter muito que fazer é óptimo, mas é importante definir prioridades e centrar o foco só naquilo que é realmente importante. As distracções podem ser algumas, as quais o podem levar a não fazer nenhum tipo de escolhas. É de extrema importância tomar decisões este mês, e caso se deixe levar pelas distracções, pode acontecer que as coisas tomem um rumo que não pretende e para a frente terá que solucionar um problema ainda maior.

É um mês com alguma componente kármica o qual o podem confrontar com algumas escolhas que tenha que fazer que no passado adiou, ou fechou os olhos para, mais uma vez evite adiar, pois não é a melhor solução. Por outro lado, dada a componente kármica do mês, algumas outras situações podem cegar ao fim, dando espaço ao novo entrar na sua vida. Todas as coisas / pessoas têm uma função específica na nossa vida e se é agora altura de partirem, que seja o melhor para todos. E não se deixe levar pelos dramas. Abrace o novo.

Ainda sobre este mês é importante referir que o trabalho deve ser todo bem estruturado e bem pensado, de forma ponderada e equilibrada. É para fazer sim, mas com estratégia, com um plano de acção minimamente bem definido, a menos que por exaustão acabe por fazer as coisas de forma impaciente e impulsiva o que pode vir a constituir um grande problema já que, coias feitas sem planos, podem levar a erros que o podem obrigar a voltar atrás.

Faça, mas espere os momentos certos.



Sandra L. Santos 

terça-feira, 27 de março de 2018

v>

Método das terapias!!




Hoje venho falar sobre mais um tema que me parece que tem que ficar claro!!

Fazer terapias sem o conhecimento do outro. Ora bem aqui temos muito para ser falado.

Não se faz terapia alguma sem que a pessoa saiba. O caso mais comum é entre casais, a mulher querer uma harmonização de casal, por exemplo, e vai sem o marido sequer sonhar. Isto é grave, porque sem saber não está a harmonizar nadinha de nada. Sim a única coisa que faz é amarração!! Pura e dura. Sem efeitos especiais, que é para ter mais impacto.

Não se faz nada sem o conhecimento de terceiros. Nada. A menos que queira entrar num panorama negativo, entre discussões e mau estar provocado pelo ambiente que se instalou por causa do que fez, sem o outro saber, claro está.

Depreendo que, se quer estar bem, é porque não quer estar mal, então é melhor pensar duas vezes antes de pedir aos terapeutas para fazer terapias que mexam com energias é mil vezes melhor pedir autorização. Uma coisa é fazer uma terapia, que não influencie a energia do outro tal como uma consulta de tarot por exemplo. Uma pergunta sobre o outro, não morre ninguém, mas, uma consulta de reiki já é bem diferente.

Não se mexe na energia dos outros sem que os mesmos tomem conhecimento disso e autorizem.

Isto funciona de forma simples. Por muito que os terapeutas digam que pode. Não pode. Porque isto é a mesma coisa que lhe mexeram na conta bancaria sem que você saiba ou autorize. Gostava?? Presumo que não!!

Outro caso comum é entre amigos.

A minha amiga precisa muito, mas tem medo /Não quer vir.
Lamento, mas vão ter que ter paciência. Se a pessoa não quer se ajudada, é um processo dela, e, por muito que nos custe, temos de nos deixar estar no nosso canto até que a pessoa aceite se ajudada. Se não, voltamos ao ponto acima.

É como roubar dinheiro da conta do amigo sem ele saber, e depois?

Depois, para já se ele descobre, pode não achar piada nenhuma, e depois, tal como numa conta bancária, quando nos retiram dinheiro sem sabermos ou autorizarmos, como ficamos? Chateados, irritados, fora de nós… aqui é semelhante.

Essa ajuda pode ter o efeito precisamente oposto à intenção inicial, ou seja, pode não só não ajudar nada, como pode ainda fazer muito pior.

Quando, alguma vez vos disserem que é sem problema fazer terapias que mexam com energias, sem o outro ter conhecimento, tenham cuidado, pois podem muito bem estar a fazer um trabalho danado o qual vos pode sair caro. Pior a emenda que o soneto!!

Um bom terapeuta nunca iria sequer sugerir tal feito. Um bom terapeuta certamente conhece a lei do karma e das energias, pelo que esse nunca sugere coisas desse calibre. Um bom terapeuta vai, muito provavelmente explicar o porquê de não se poder mexer assim com energias, e provavelmente vai mais longe, dando-lhe uma ideia geral de como as energias funcionam.

Um bom terapeuta não lhe vai dizer que sim, só porque você está a agir de boa-fé e bem-intencionado mesmo sabendo que isso o poderá vir a prejudicar. Os terapeutas éticos sabem perfeitamente que ao trabalhar determinadas energias de determinadas formas pode constituir um problema grande, não só para ele, como para o cliente.

Ele sabe que se você quer harmonizar, sabe claro que tem que pedir autorização ao outro para fazer essa mesma harmonização, porque um terapeuta sério, sabe que para harmonizar, ambos têm de estar em sintonia com essa escolha.
Harmonizar, ou outro tipo de coisa, sem os outros saberem é a mesma coisa que um rapto. A outra pessoa sente-se obrigada a “obedecer” a tais energias, mas está ali contrariada e com todo o seu mau-humor do mundo. Ora não é preciso dizer que isso é tudo menos harmonia, pois não?



Sandra L. Santos 
v>

Conselho dos Mestres Ascensos para si + Resultado | Tarot



Para começar o dia da melhor maneira que tal pedir aos Mestres Ascensos um conselho!

Respire fundo e elimine da sua mente qualquer pensamento que possa interferir com a sua escolha.
Depois pergunte aos Mestres qual a mensagem que tem para si, peça que lhe indiquem um número de 1 a 5 (1,2,3,4,5).

Como alternativa pode olhar para a foto e a carta que mais lhe chamar a atenção é a mensagem que é importante para si esta semana!

Se tiver um dilema foque-se nele e pergunte aos Mestres qual o seu conselho para essa situação. depois mentalize um número!



Comente neste post e amanhã colocarei o significado das mensagens!

Aqui tem o resultados das mensagens!!




Com Claridade e Persistência, 
Joana Cristina Pinto

segunda-feira, 26 de março de 2018

v>

Previsão dos signos de 26 de Março a 1 de Abril de 2018 | Tarot

Boa tarde!

Aqui estão as Previsões para os signos para a semana de 26 de Março a 1 de Abril. 

Subscrevam o Canal "Imperium - Plena Vita" no Youtube para continuar a receber este vídeos.
E não deixem de colocar gosto na minha página do Facebook - Alma, Amor e Céu - Joana Cristina Pinto



Carneiro



Touro



Gémeos



Caranguejo



Leão



Virgem



Balança



Escorpião



Sagitário



Capricórnio



Aquário



Peixes



Com Claridade e Persistência,
Joana Cristina Pinto

domingo, 25 de março de 2018

v>

Mesas radiónicas | O perigo




Hoje trago, uma vez mais, um tema que pode gerar polémica, e não é por gosto de gerar polémica, acontece que na sequência deste texto houve muitas dúvidas a vir ao cimo da mesa, as quais me pareceu que os esclarecimentos estavam ainda escondidos para que ninguém os visse.

Assim sendo hoje venho falar sobre mesas radiónicas e sobre a forma como alguns “terapeutas” abordam o tema perante os seus clientes, e não só. As mesas quando não são bem usadas podem efectivamente constituir um perigo autêntico não só para o operador, quanto para o cliente, sendo que este último é sempre o mais prejudicado, e isso, claro está, não pode acontecer.

Vamo-nos deixar de tretas!!

A mesa não tem poder algum.

A mesa não passa de uma folha de papel, impressa. Ponto final.

Quem opera com a mesa é que vai colocar intenções no que faz na mesa.

E se assim é, é aqui que é preciso ter muito cuidado. Acredito que, muitos dos que tiram formações em mesa fiquem pelo caminho, talvez por medo, outros por não perceberem nada pois as bases foram-lhes literalmente roubadas, uma vez que as dúvidas nem sempre são esclarecidas, muitos fogem mesmo às questões para não ter que responder a uma dúvida que seja, mesmo que a mesma seja pertinente.

A quem dá formações de mesa tem que saber obrigatoriamente de radiestesia, e acredite-se que já vi muitos operadores de mesa a perguntar “se sabia onde se dava formação em radiestesia”, isto é grave, porque a radiestesia é só, a base da radiónica. E como vai operar na mesa sem saber as bases?

Provavelmente mal e sem noção do que está a fazer. Pensando que está a fazer muito bem, está a fazer muito mal.

Como pode um operador colocar intenção que seja, se não sabe a base??

Na mesa existem regras, e sim há como errar e muito

Quando me vêm dizer que basta ter intenção de amor e paz e de ajudar que pode operar na mesa para qualquer pessoa porque não tem como correr mal. É mentira!! A mais pura e estapafúrdia das mentiras alguma vez ditas.

Tem como correr mal na mesa sim. Não se pode andar à toa a fazer 30 por uma linha na mesa sem tomar as devidas precauções. Porque é divino… divino pode ser sempre, mas será que é para o bem supremo daquela pessoa naquele momento? Cuidado com isso, porque pode ser que não!!

E depois, e depois bloqueiam, acredito que sem saber ou querer, a vidinha dos clientes. E isto é grave. Muito grave. Não se trabalham energias assim!!

Não é só perguntar se pode. É também saber se além de poder, se é o melhor para aquela pessoa naquele momento.

Depois, pessoas queixam-se e com razão!!

A mesa não faz milagres, é um papel, onde o operador coloca a intenção, e deve ser o melhor para aquela pessoa naquele momento.

Este é um ponto, talvez o mais, crítico do momento.
Acham que lá porque a mesa faz que basta uma vez e voilá, lá vamos nós para a festa a seguir. Não!!
Mesa dá trabalho, é um processo e há situações onde os processos são lentos, e requerem ajuda (acção) também da parte do cliente para que as coisas avancem num sentido próspero.

Mesa é cara e cada vez será mais, uma vez que desgasta muito e não só. É um trabalho sério que requer que o operador esteja a 100% e requer conhecimentos base daquilo que está a fazer, caso contrário vai fazer ao cliente aquilo que certamente não gostava que lhe fizessem a ele.

E operador a 100% é:

Um operador que saiba reconhecer a sua energia para saber se está ou não em condições de fazer mesa
Um operador que tenha o mínimo de sensibilidade para este tipo de temas – e não precisa ser médium – como já li algures. Por amor de Deus, nem tanto ao mar, nem tanto à terra.
Um operador ético e sério que saiba exactamente aquilo que está a fazer

Entre outros, mas estes a meu ver são pontos fundamentais

A mesa limpa tudo?? Não é bem assim!!

A mesa não limpa tudo, senão expliquem-me como é que ainda há tanta coisa estranha por aí??

A mesa só deixa limpar aquilo que for permitido limpar, no tempo exacto que for para limpar. Até porque vamos lá ver;

Não se pode limpar algo que não se tem consciência que temos ou que existe. E garanto que não é numa consulta de limpeza espiritual ou energética que se descobre tudo. E mesmo nessas, quando sérias e bem-feitas já descortinam muitas coisas.
A mesa não limpa tudo, porque também temos, nós de fazer parte do trabalho consciente. É basicamente como uma fábrica; a mesa é a maquina que auxilia a mão-de-obra humana, mas não pode deixar de haver mão-de-obra senão vai gerar um desequilíbrio interno. Aqui é semelhante.

A mesa não faz determinada tarefa, tal como eliminar padrões negativos por exemplo.

Vamos lá ao início. Se funciona com base na intenção e com base no conhecimento consciente do que temos ou não temos. E só funciona a partir do momento em que sabemos que determinada questão existe e é real, então se é assim, porque não limpa um padrão negativo que já se descobriu que existe???

Limpa sim… a menos que tenha de se aprender, ainda alguma coisa a respeito disso, e que por esse motivo não se possa limpar.

Exemplo, eu sei que tenho uma questão kármica, sei qual é o problema e já o detectei, mas, uma vez que é uma lição pela qual devo passar, a mesa não me permitiu ainda fazer essa dissolução.

Se a mesa funciona com energia. Com intenção e se ambas são ilimitadas acham mesmo possível que a mesa não permita tal?? Claro que permite. Só não permite a quem não convém que assim o seja.

As mesas (desde que não sejam desenhadas para fins muito específicos) fazem tudo.

Desde que seja divino e o melhor para nós naquele momento. Nunca falhar a isto.

Mesas desenhadas para fins específicos são óptimas, mas, cuidado, não vamos dispersar nem distrair. É absolutamente falso, quando dizem que o cliente vê ou pode ter visões aquando uma consulta de mesa. Atenção!! É que a menos que façam hipnose pelo meio não estou a ver como fazem o cliente ver algo. Até porque a mesa é um papel, e por muito boa intenção que se tenha, não me parece a melhor técnica para se ter visões.

O operador é que pode ter essa capacidade desenvolvida e vê… o cliente pode não chegar lá e depois acontece que se sente defraudado.

E mesmo aquando as formações dessas mesas, cuidado. Nem toda a gente tem de ter desenvolvida essa capacidade, e depois, paga por uma formação onde provavelmente se vais sentir inferior, e pior vai arrumar a mesa a um canto achando que não funciona porque não vê.

Havia muito mais para ser falado, mas falei apenas das dúvidas mais impactantes que nos foram chegando. No entanto podem, caso tenham, deixar as vossas mesmas dúvidas, ou ataques!!!



 Sandra L. santos