sábado, 24 de fevereiro de 2018

v>

Energia Semanal de 25 de Fevereiro a 3 de Março



Energia principal da semana: O Dependurado
Energia secundária da semana: A Papisa

Vamos agora entrar na última semana de Fevereiro e já com um bocadinho da energia do mês de Março, porém a energia mantem-se puramente emocional. Este mês foi duro, muitos se queixaram das energias, mas durante os dias e mesmo nas energias semanais fui explicando o que se estava a passar. Na verdade não foi nada de mais, somente estava a ser pedido trabalho a nível emocional.

As grandes questões que se colocar agora fazer agora são:
Fiz o que me foi pedido?
Sarei as minhas feridas emocionais?
Transmutei as minhas emoções negativas?
Perdoei a quem tinha de perdoar?
Deixei ir quem tinha de deixar ir?
Se o fez óptimo. Se não o fez, esta semana terá que o fazer em modo express. Não tem como fugir ao seu lado emocional, lida com ele diariamente, mas a escolha é sua, vai deixar que ele o envenene diariamente ou vai deixar-se de desculpas e vai fazer o que precisa de fazer para estar bem e equilibrado?
E se ainda assim continuar em negação e em resistência a mudança, irá avançar com esse peso. Mas será um verdadeiro avanço? Com o peso tudo se torna mais lento, pesaroso e dolorido.

Deixe-se de desculpas ou mimimis e encare de frente o trabalho que lhe é pedido. Sim doí e depois?

Pare e análise. Mais uma vez deve ir as suas caixinhas onde guarda as suas dores e deve fazer uma limpeza geral. Análise tudo muito bem, vale mesmo a pena viver agarrado ao passado? O seu futuro vale isso?
Na recusa em avançar esta somente a hipotecar o seu futuro, nada mais.
Tem mesmo que ir fundo da questão. Analises superficiais não o levam a libertação que tanto deseja, vá mesmo dentro de si, perceba onde nasceu a dor, porque nasceu, porque a guardou, porque a continua a alimenta-la e sobretudo porque continua agarrado a ela? Faça-se essas perguntas e não tenha medo das respostas. Não sinta culpa, tenha compaixão por si e mas sinta verdadeiramente.

A verdadeira razão pelas suas dores não lhe será dada facilmente. Tem mesmo que ir ao fundo, mexer no lixo, escarafunchar a ferida, ir mais abaixo e mais fundo.

Aceite o que é. Aceite que tem que o fazer. Mas sim pode seguir caminho sem o fazer. É certo. Livre arbítrio. Mas irá muito mais pesado. O caminho será feito de uma forma muito mais lenta. Esta semana faça a sua escolha. Mas depois não se queixe.

Sei que quer avançar e quer algo melhor para si. Está cansado de tanta resistência e atrasos. E pode-o fazer – avance. Mas saiba aquilo que leva consigo.

Feche ciclos, principalmente a nível emocional. Deixe as dores para trás, liberte-se. Sim irá doer horrores. Mas depois passa e não dói mais. Atreva-se a ir a fonte, veja o que lá esta sem vergonhas ou culpas. Só vendo a realidade poderá lidar com ela.

Para quem fez a sua parte fica aqui o conselho:
Avance com força e alegria! Pode se realizar agora. Não necessita fazer mais ajustes pois chegou a altura de ir em frente sem as amarras ou os pesos que o impediam de avançar de uma forma constante. Pode agora viver o seu novo Eu mais leve, feliz e sereno.
Assuma o controlo da sua vida e vá em frente, mas tenha sempre consciência que o trabalho espiritual e de desenvolvimento pessoal nunca termina, não existem tempos de “paragens”. Deve diariamente trabalhar para hoje ser uma pessoa melhor que ontem mesmo que isso implique uma maior seriedade e uns momentos de dor.

É na dor que se vê a verdade.  

Não se perca na seriedade destas energias, saiba se divertir e aproveitar a vida.
Viva os afectos mesmo que lhe doam.
Procure o amor em si, não fora.
Viva a alegria sozinho, pois essa é a mais verdadeira.

Vá mas saiba o que leva.



Com Claridade e Persistência,
Joana Cristina Pinto

Sem comentários:

Enviar um comentário